Na hora de fazer um planejamento financeiro, podem surgir várias dúvidas: o que anotar, como categorizar os gastos e como se organizar para juntar dinheiro. 

Uma questão muito comum é sobre as despesas e como saber qual é a diferença entre os gastos fixos e variáveis. 

A Afinz veio te ajudar a dar o pontapé inicial no planejamento financeiro da sua empresa ou vida pessoal. Continue lendo para saber como!

O que são despesas fixas

As despesas fixas são aquelas que não mudam de valor conforme o seu consumo mensal — são gastos previsíveis. 

Ou seja, são aquelas contas que, todo mês, vão chegar com o mesmo preço, sem surpresas na hora de abrir. 

Essas dívidas são as que quando você fizer o planejamento de gastos, não vão precisar de atualização todo mês, já que o valor não será alterado. 

Exemplo de despesas fixas

São muitas as contas fixas, e vale lembrar que elas só ficarão mais caras se houver alguma taxa extra ou atraso no pagamento, o que não é (ou não deveria ser) comum. Alguns exemplos de despesas fixas:

  • Aluguel ou parcela de financiamento;
  • Condomínio;
  • Planos de internet e celular;
  • Serviços de streaming (Netflix, Spotify, etc.);
  • Mensalidades de cursos;
  • Academia;
  • Planos de saúde;
  • Impostos (IPTU, MEI);

O que são despesas variáveis

Já as despesas variáveis funcionam em outro esquema, mesmo você recebendo o boleto todo mês, cada vez o valor é alterado conforme os gastos em consumo. 

Então, quanto mais você consumir, mais caro vai pagar. Se usar menos, consequentemente terá um gasto menor. 

Essas despesas são mais difíceis de prever, então para incluí-las no seu planejamento financeiro, você pode fazer uma média dos valores dos últimos meses. 

Exemplo de despesas variáveis

As despesas variáveis mais comuns são:

  • Conta de energia e de água;
  • Alimentação e compras no mercado;
  • Transporte (tarifas de ônibus ou gasolina);
  • Produtos de limpeza;
  • Cuidados com pets;

E os outros gastos? 

Você pode ter percebido que nem tudo entra nas categorias de despesas fixas e variáveis. Isso acontece porque o mais indicado é que você inclua entre elas só gastos essenciais. 

Os essenciais são aqueles que você tem todo mês, sem falta, e são necessários para que você viva bem. Todos eles devem ser anotados no seu planejamento. 

Já os gastos supérfluos, como comer fora de casa, ir ao cinema e viajar, devem ser indicados em outras categorias, já que não precisam acontecer mensalmente. 

Como se preparar para despesas inesperadas?

Por mais que você se planeje e pague todas as contas em dia, imprevistos podem acontecer.

Um carro estragado, problemas no encanamento, aparelhos eletrônicos com defeito… essas são coisas que podem surgir a qualquer momento e te pegar de surpresa. 

Para não passar aperto, o mais indicado é ter uma reserva de emergência, assim estará preparado para qualquer eventualidade.

Não é fácil criar uma reserva do nada, é preciso planejamento. Para isso, você deve saber o que gasta todo mês e o que pode ser cortado para criar um fundo de emergências. 

Planilha com despesas fixas e variáveis

Para te ajudar a controlar os gastos fixos, variáveis e quaisquer outros, criamos uma planilha de planejamento financeiro exclusiva.

Com ela, você vai saber para onde vai o seu dinheiro e como alcançar seus objetivos mais rápido e sem sacrifícios. Basta preencher com as informações sobre sua vida financeira e ela fará as contas automaticamente. Super prático, né? Faça o download abaixo!

Quero minha planilha financeira!

Afinz e finanças

Você já sabe que a Afinz estará sempre disposta a te oferecer as melhores soluções financeiras. 

Mas, sabia que temos um quadro especialmente dedicado a te ensinar como cuidar do seu dinheiro? É o “Educação Financeira de A a Z”. Fique ligado no nosso Instagram @afinzoficial para receber todas as dicas! 

Seja para sua vida pessoal ou para seu empreendimento, conte com a Afinz para te ajudar com qualquer pepino. Afinidade é estar presente em todos os momentos!