A escolha da profissão é uma decisão muito importante e que tira o sono de muita gente. É nesse momento que entra o planejamento profissional.

Saiba que existem muitos fatores que influenciam na escolha profissional e devem ser considerados — sua afinidade com o ramo de atuação, oferta de empregos e futuro da profissão.

Podem surgir várias questões no caminho, por isso trouxemos algumas dicas e o passo a passo para escolher uma profissão, além de uma lista com as áreas que serão tendência nos próximos anos.

Como começar a investir em desenvolvimento profissional?

Para começar o seu planejamento profissional, você precisa ter conhecimentos básicos sobre a área. É um requisito inicial para qualquer vaga de emprego.

Cada área específica demanda um tipo de especialização, mas algumas características são úteis para qualquer profissional, não importa o nicho de trabalho. 

Se você ainda possui dúvidas sobre a profissão que deseja seguir, mas quer se preparar para o mercado de trabalho, comece por esses passos. 

Pratique o autoconhecimento

O autoconhecimento é muito poderoso. Com ele, você consegue entender suas qualidades e defeitos, e sempre saberá o que evidenciar em entrevistas e conversas com chefes e gerentes. 

Entenda no que você é bom e no que precisa melhorar, quais as atividades que faz com facilidade e as que demandam mais esforço. 

Assim você poderá focar em aprender mais sobre aquilo que é difícil e se tornar mais eficiente na profissão que escolher. 

Defina interesses e prioridades

Quais são as áreas de atuação que mais te interessam? O que você precisa para começar a trabalhar nelas?

Sabendo disso, você poderá definir o que é prioridade para você nos próximos meses, traçando metas e buscando as maneiras certas de atingir esses objetivos rapidamente. 

Invista em novos conhecimentos

Esse é o momento de investir em cursos e especializações gerais, que podem ser utilizadas em qualquer tipo de carreira. 

Pense em ingressar em cursos de idiomas, como inglês e espanhol, e cursos de computação, softwares e administração. 

Todas essas áreas de conhecimento são aplicáveis a vários trabalhos e podem ser um diferencial para você no momento do processo seletivo.

Os passos para elaborar um planejamento profissional

Para te ajudar a definir qual será sua carreira, com um planejamento completo, reunimos um passo a passo desde a escolha até a atuação no mercado. Confira!

Pesquisa

Tudo começa com uma pesquisa extensa sobre suas opções. Isso pode ser feito na internet, por meio de vídeos e relatos de quem trabalha na área de interesse.

Se você conhece alguém do ramo, é uma ótima ideia perguntar como anda o mercado!

Qualificação

Escolheu? Agora é hora de entender o que você precisa para entrar no mercado de trabalho. 

Seja formação acadêmica, experiência profissional voluntária ou conhecimento específico, se organize para começar a se qualificar no assunto. 

Especialização

Após conseguir uma qualificação básica, você já pode começar a atuar no ramo. Porém, é sempre indicado fazer uma especialização no que tem mais afinidade.

Assim, você terá mais chances de subir de cargo, sendo especialista no assunto.

Capacitação e Atualização

Sabia que mesmo depois de já estar em uma profissão você ainda precisa estudar? Pois é, se manter atualizado das novas tecnologias e modos de trabalho é essencial para não ficar para trás!

Quais são as características das profissões do futuro?

Falando em atualização, saiba que em todos os ramos profissionais chega o momento em que o trabalho é mudado pela modernização. Principalmente no mundo digital!

Muitos, inclusive, já contam com a tecnologia para desempenhar diversas funções. É importante que você esteja preparado para isso, conhecendo as características buscadas em novos profissionais.

Algumas características já são essenciais para as profissões:

  • Aproximação com a tecnologia: é essencial ter afinidade com equipamentos digitais como computadores, smartphones, tablets e máquinas de todos os tipos. Justamente por a internet ser, atualmente, a forma mais popular de contato com clientes;
  • Valorização de soft skills: soft skills são habilidades interpessoais, ou seja, a forma com que uma pessoa se relaciona com outras e como lida com as emoções. Qualidades como boa comunicação, empatia, organização e flexibilidade são muito valorizadas por empresas;
  • Trabalho em equipe: você precisa saber lidar com diferentes opiniões e mostrar a sua sem entrar em discussões, realizar trabalhos em conjunto e apresentar soluções que complementam outras. O trabalho em equipe é indispensável!
  • Foco na experiência do usuário (UX): isso vale principalmente para quem trabalha com a internet. O usuário é o foco principal de todas as ações e atividades online, portanto, a usabilidade dele deve ser considerada a mais importante na hora de desenvolver algo.

Mudanças nas tendências do mercado de trabalho

O mercado está sempre mudando, isso é fato. Você precisa estar preparado para acompanhar esse movimento.

Nos últimos anos vemos que essas mudanças aconteceram de forma muito rápida, e a tendência é que isso aconteça cada vez mais frequentemente no futuro!

Uma mudança muito positiva que vem ocorrendo é a maior inclusão e diversidade nos times. As empresas perceberam que ter pessoas com culturas e experiências diferentes é uma ótima maneira de ampliar os horizontes e ter novas ideias para melhorar os produtos ou serviços oferecidos.

O trabalho remoto é outra mudança recente e que promete permanecer. Além de permitir que as pessoas trabalhem de casa, no famoso home office, essa maneira de atuação também traz mais oportunidades para contratação. 

Isso porque você tem a chance de concorrer à vagas de vários estados ou até de outros países, já que a presença física não é obrigatória.

Não importa qual é a área profissional que você vai escolher para começar a carreira, só mantenha em mente que você terá que se adaptar de tempos em tempos, por isso é tão importante ficar atualizado.

O aprendizado, que já era importante para ter sucesso no mercado de trabalho, agora deve ser constante, considerando todas essas mudanças.

O efeito coronavírus e o futuro das relações de trabalho

O coronavírus mudou totalmente o modo de trabalho. Muitas áreas que antes só se viam como presenciais tiveram que se adaptar muito rapidamente ao estilo remoto. 

As relações entre colegas de trabalho também se modificaram bastante, já que a interação física foi totalmente abolida durante os momentos de quarentena. 

Vemos, agora em um cenário mais favorável para encontros, que muitas empresas decidiram adotar um estilo híbrido de trabalho, com encontros periódicos. A tendência é que isso continue no futuro.

Quais profissões investir?

E após entender tudo isso, você provavelmente deve estar se perguntando: quais são as profissões do futuro

Não existe uma resposta só, pois a profissão ideal sempre vai ser aquela que você mais se identifica. 

Porém, algumas áreas terão mais oportunidades e continuarão em alta nos próximos anos. Veja quais são as 20 principais:

  1.  Desenvolvedor de Software: criação de sites, aplicativos e programas para a web;
  2.  Especialista em UX: formatação de ferramentas considerando a experiência do usuário;
  3.  Analista de Big Data: análise e aplicação dos dados de usuários colhidos por sites e aplicativos;
  4.  Analista de Segurança da Informação: checagem de sites e programas online para falhas e brechas securitárias;
  5.  Especialista em Cloud Computing: profissional que entende as nuances do armazenamento em nuvem e suas particularidades;
  6.  Analista de BI: especialista em negócios que descobre as principais maneiras de fazer uma empresa crescer;
  7.  Gerente de talentos: análise de candidatos e possíveis contratados em empresas com oportunidades de emprego; 
  8.  Professor online: especialista em área específica qualificado para dar aulas ao vivo ou gravadas;
  9.  Gestor de comunidade: entender e escutar o feedback dado por clientes e usuários de uma empresa específica;
  10.  Desenvolvedor de wearables: idealização e criação de produtos tecnológicos usados como acessórios;
  11.  Consultor de imagem: análise de comportamento e aparência na internet e pessoalmente; 
  12.  Especialista em marketing para e-commerce: criação de estratégias online para aumentar as vendas de uma loja virtual;
  13.  Especialista em energias renováveis: estudo e idealização de formas de incorporar a energia renovável no dia a dia das pessoas e empresas;
  14.  Conselheiro de aposentadoria: especialista no processo de aposentadoria que oferece serviços de consultoria;
  15.  Gestor de resíduos: estudo e realização de estratégias para diminuir a quantidade de resíduos descartados;
  16.  Redator de Marketing de Conteúdo: escrita seguindo à risca as boas práticas para ferramentas de busca e atração de clientes;
  17.  Revisor de conteúdo online: análise e edição de conteúdo pré-pronto feito exclusivamente para a internet;
  18.  Designer: criação de peças gráficas para uso no ambiente digital ou físico;
  19.  Gestor de redes sociais: análise e criação de estratégias para as redes sociais de empresas e pessoas públicas;
  20.  Produtor de conteúdo: criação de conteúdo para a internet em forma de imagens, textos, vídeos ou outras mídias.

Afinz e você 

Independente da área que escolher, lembre-se que o mais importante é se manter atualizado sobre novas tecnologias e modos de trabalho para garantir boas posições no mercado.

O Você Bem Educação, da Afinz, te prepara para encarar de frente o mercado com todas as qualificações necessárias.

Ele permite a realização de cursos profissionalizantes com até 80% de desconto e em várias áreas do conhecimento — informática, idiomas, empreendedorismo e muitos outros. Ah! Todos os cursos possuem certificado de conclusão, para você poder incluir no seu currículo. Clique aqui e saiba mais sobre esse benefício da Afinz.