Nos dias atuais, é quase impossível encontrar alguém que nunca tenha ouvido falar dos aplicativos de streaming.  Na verdade, já é bastante difícil encontrar alguém que nunca tenha utilizado um deles de uma forma ou de outra.

Com o sucesso dos smartphones no Brasil, aplicativos como Youtube, Spotify e Netflix estão dentro de incontáveis residências do país.

Esses aplicativos funcionam como o rádio ou a televisão, mas através da internet. Seu aparelho, seja um computador, celular ou Smart TV, decodifica um sinal que recebe para transformá-lo no conteúdo que você consome.

A diferença entre o streaming e a TV ou o rádio é que, como o streaming é feito pela internet, você não depende de uma transmissão para acessar o conteúdo. Em vez disso, você pode acessá-lo diretamente quando quiser. Por isso, os aplicativos de streaming permitem que você escute as músicas e assista aos filmes que quiser, quando quiser.

Principais aplicativos de streaming

No mercado dos serviços de streaming, há uma variedade de opções disponíveis para os usuários que desejam consumir conteúdo. São dezenas de serviços por meio dos quais se pode assistir a filmes e séries, escutar músicas e até mesmo jogar jogos de videogame.

Sem dúvidas, os aplicativos de streaming de vídeo e música foram os principais responsáveis pelo rápido crescimento desta modalidade de serviço. Eles representam alguns dos principais nomes do mercado e hoje são produtos avaliados em milhões de dólares.

A seguir, falaremos dos principais aplicativos de streaming, gratuitos e pagos, para você consumir seu conteúdo favorito de qualquer lugar. 

Aplicativos de streaming de vídeo

Uma cartela de produtos com novos e velhos nomes por trás. Os aplicativos de streaming de vídeo repensaram a forma de consumir conteúdo audiovisual, que até então era transmitido pela televisão aberta ou a cabo.

Suas soluções tecnológicas sofisticadas permitiram que usuários em conexões lentas ou computadores com espaço limitado pudessem desfrutar de seus filmes, séries e programas de TV favoritos direto do computador.

A melhor parte é poder escolher o que você quer assistir e quando. É o que se chama de conteúdo sob demanda (do Inglês, on demand).

Confira abaixo alguns dos principais aplicativos de streaming de vídeo, gratuitos e pagos.

Netflix

A Netflix foi o primeiro grande aplicativo de streaming de vídeo voltado para filmes e séries de televisão. Por ser a única opção na época, a Netflix conta com uma massiva e fiel base de usuários, muitos dos quais já utilizam o serviço há anos.

A Netflix hoje tem produções próprias de séries e filmes. Suas séries, em especial, fazem um grande sucesso no mundo todo, e há quem diga que é o que mantém a supremacia deste aplicativo sobre os outros.

Disponível para computadores, smartphones, televisões e tablets, a Netflix está disponível somente por assinatura, com planos começando a partir de R$25,90 por mês.

Prime Video

Esse serviço de streaming de vídeo pertence à gigante do varejo Amazon. Com um catálogo respeitável de filmes e séries — incluindo muitos clássicos amados pelo público —, o Prime Video é o principal concorrente da Netflix.

A Amazon tem surpreendido o público com produções exclusivas aclamadas pela crítica. Além da qualidade, chama a atenção a diversidade e originalidade dos filmes e séries produzidos pelo Prime Video.

O Prime Video está disponível a partir de uma assinatura do pacote de serviços Amazon Prime. Este pacote inclui outros serviços da Amazon e custa apenas R$9,90 por mês.

Globoplay

O aplicativo de streaming da Rede Globo de Televisão conta com alguns diferenciais em relação aos anteriores. Além dos filmes e séries, o catálogo do Globoplay inclui telenovelas e séries de televisão originais da Rede Globo, além de oferecer acesso ao Pay-per-View do Big Brother Brasil.

Pelo catálogo, o Globoplay faz bastante sucesso entre os brasileiros. Apesar de estar disponível somente por assinatura, a Globo disponibiliza alguns itens do catálogo para streaming de maneira totalmente gratuita — mesmo que você não tenha uma assinatura.

Os planos de assinatura mensal do Globoplay começam a partir de R$19,90.

Youtube

O Youtube foi a primeira grande plataforma de streaming de vídeos do mundo. Lançado em 2007, o site que hoje pertence à Google mudou a forma como consumimos e compartilhamos informação na internet.

O Youtube evoluiu bastante desde o início, e hoje a plataforma conta com o maior acervo de conteúdo em vídeo da internet. Com foco nos vídeos enviados por usuários, o Youtube hoje também conta com filmes e séries disponíveis para aluguel direto no site.

O serviço é totalmente gratuito e está disponível para computadores, Smart TVs, celulares e tablets. Caso deseje remover os anúncios antes dos vídeos, você pode assinar o Youtube Premium por R$20,90 ao mês.

Aplicativos de streaming de músicas

Assim como aconteceu com os aplicativos de streaming de vídeo, o streaming de músicas se aproveitou de um hábito que as pessoas já tinham antes da internet. Assim como o streaming de vídeo está para a TV, o streaming de música está para o rádio.

E assim como ocorreu com o streaming de vídeo, os usuários abraçaram o streaming de música com bastante facilidade. Isso porque o custo-benefício percebido é alto, afinal, o usuário paga um preço baixo para ter acesso a milhões de músicas em alta qualidade.

Outro ponto importante é que o streaming gratuito de músicas é bastante comum e os usuários contam com muitas opções de qualidade.

Conheça algumas das principais opções pagas e grátis de aplicativos de streaming de música.

Spotify

O Spotify foi fundado em 2008 e não parou de crescer desde então. Hoje conta com um dos maiores acervos de músicas de todos os gêneros que você possa imaginar. Recentemente, o Spotify passou a incluir podcasts e outros conteúdos em áudio na sua plataforma.

Com isso, tem sido capaz de se manter no topo do mercado, sendo a principal escolha entre usuários ao redor do mundo.

O Spotify está disponível nas modalidades Premium e Grátis. A diferença entre as duas é que na modalidade Grátis você não pode pular faixas ou baixá-las para ouvir offline. Além disso, o plano gratuito inclui anúncios curtos entre as músicas.

Para remover os anúncios e desbloquear todas as funcionalidades do aplicativo, o usuário deve assinar um plano Premium, no valor de R$19,90 por mês.

Deezer

O Deezer é outro aplicativo de streaming de música com bastante história. Lançado em 2007, ele foi o aplicativo número 1 do seu nicho durante muitos anos, tendo perdido o posto para o Spotify eventualmente.

Ainda assim, o Deezer conta com um catálogo de músicas extremamente rico e completo, que não deixa a desejar. Recentemente, foi comprado pela TIM, e tem sido incluído como benefício em alguns planos de celular da operadora.

Assim como o Spotify, o Deezer está disponível nas modalidades paga e gratuita. A modalidade gratuita tem restrições similares às do Spotify, e para removê-las é necessário pagar por uma assinatura mensal, no valor de R$19,90.

Youtube Music

O Youtube Music é um aplicativo lançado há poucos anos, e é o sucessor do extinto Google Play Music.

Com o Youtube Music, a Google remodelou seu aplicativo de streaming de músicas para aproveitar o imbatível catálogo de músicas disponíveis no Youtube. A principal vantagem deste aplicativo sobre a concorrência é o catálogo que conta com remixes, mixtapes e outras produções musicais não lançadas oficialmente.

Assim como o Youtube, o Youtube Music está disponível de forma gratuita sem restrições, mas com a presença de anúncios. Para removê-los, é necessário fazer uma assinatura mensal. Essa assinatura inclui o Youtube Premium e o Youtube Music Premium, e custa R$20,90.

Por que consumir conteúdo em streaming?

Além dos benefícios trazidos pelo streaming em relação à facilidade de acesso ao conteúdo, um dos principais motivos que faz o usuário aderir a esses aplicativos é seu excelente custo-benefício.

Por um preço fixo, é possível ter acesso ilimitado a uma quantidade massiva de conteúdo sem precisar se expor a riscos de infecções por vírus ao baixar filmes, séries ou músicas em sites não-confiáveis.

Por último, o consumo por streaming oferece uma alternativa barata para quem deseja se posicionar contra a pirataria e contribuir financeiramente com o trabalho dos artistas de que gosta.

Como assinar um serviço de streaming?

Assinar um serviço de streaming é simples: tudo que você precisa é um cartão de crédito, um dispositivo para acessar o conteúdo e uma conexão estável.

Para assinar o streaming que deseja, acesse o site ou app do serviço e busque pela opção “Criar conta” ou “Registrar”. Ao selecionar esta opção, siga as instruções na tela e preencha seus dados pessoais para criar a conta.

Serão necessários dados como um endereço de email, seu nome completo e uma forma de pagamento. A forma de pagamento mais comum é o cartão de crédito, e você precisará de um para assinar boa parte dos serviços de streaming. A parte legal é que a maioria dos streamings tem assinatura “mensal”, então não consome seu limite do cartão.

Se você ainda não tem um cartão de crédito, conheça o Cartão Afinz. Com ele você assina seus serviços de streaming favoritos e ainda tem acesso a diversas vantagens exclusivas que só a Afinz oferece. Saiba mais!

Para outras dicas como essas, siga a Afinz nas redes sociais @afinzoficial!